Este blog existe para postar comentários de postagens de blogs alheios, que pelo interesse, humor, inteligência e graça dos comentários, ganharam estatos de post.

terça-feira, 17 de março de 2009

noVÍ TÁ

Aqui ...Agora...Século XVIII ou XXI ?
Transcrevo aqui o maravilhoso artigo do Dr. Drauzio Varella publicado por ocasião do recente e inacreditável episódio de excomunhão de todos os médicos e envolvidos no caso do aborto feito para salvar a vida de uma menina de nove anos, estuprada pelo padrasto e grávida de gêmeos...A nightmare...!
POSTAGEM COMPLETA aqui
Comentários:

Fatyly disse...
"Graças a Deus que não as seguimos"...e subscrevo na integra este grito de revolta contra a dantesca hipócrisia de uma cambada de ...não tenho adjectivos caramba!!!Nem todos os padres seguem à risca o que lhes é imposto de transmitir, daí eu dizer que no Vaticano, cuja riqueza é imperdoável num mundo de miséria, a reforma é uma prioridade para dar lugar aos mais novos.Condenam quem não devem condenar...no entanto caladinhos que nem ratos tiveram de pagar indemnizações avultadas às vitimas ddos pedófilos da "gaiola dourada".
expressodalinha disse...
A religião é com cada um... A Igreja, como instituição, devia ser proibida. No entanto, os homens adoram sociedades secretas. Porque será?
~pi disse...
grande vi! grande!( o meu medo tem a ver com tudo o que transportamos entranhado e nem consciência temos dessa dominação prevalecente!des-construir e des-aprenderum trabalho para a vida!grand post, repito, :)beijo~
Fernando Zanforlin disse...
Entrei o site do Arcebispado de Olinda e pedi minha excomunhão irrevogável como já havia feito numa postagem do meu blog.( Concílio de Trento)O curioso é que o site foi retirado do net.Quero distância da hipocrisia com Deus.Sinto muito bem e orgulhoso de considerar-me um excomungado por decisão própria.ßjs∞
roserouge disse...
Excelente post, Ví. Tenho cá em casa, já há alguns anos, um livro do Dr. Drauzio Varella chamado "Por um fio", que me foi oferecido por uma amiga e nunca o li. Pois agora, vou ler!
Odele Souza disse...
Pois é Vi. Um caso revoltante. Duas vezes revoltante. Pelo crime de estupro contra essa criaça, e pela excomunhão dos médicos e mãe da menina pelo aborto feito. Mas o religioso esqueceu de excomunhar o tarado que estuprou a criança. Por vezes faltam palavras para expressar tudoi o que sentimos quando vemos esse tipo de atitude por parte de religiosos. E o fazem em nome de Deus. Como assim...?O artigo do Dr. Drauzio é mesmo maravilhoso.Beijos Vi.
Silvares disse...
A Razão está adormecida há muito tempo. Temo que tenha entrado em estado de coma!
Maria Augusta disse...
A Igreja esqueceu aí o dogma que deveria ser o mais importante, que é o amor ao próximo. No caso esta menina, vítima de violência, corria perigo de vida, porque ela deveria ser sacrificada às leis católicas? Se pelo menos eles fossem coerentes com o que dizem, pregam a pobreza e vivem cercados de luxo, pregam a "virgindade", mas fecham os olhos à pedofilia cometida pelos seus membros.Sem falar na Inquisição e afins...As pessoas acabam mudando de religião e com razão.Ótimo post, Vi!Um beijão.

Carla disse...
não conhecia o caso...é revoltantebeijos

Eduardo P.L disse...
Também subscrevo integralmente a opinião do Dr Drauzio.Nem me aventurei escrever sobre o assunto porque não me dedico a ficção. Muito menos religião. Na verdade quem é que esta preocupado com EXCOMUNHÃO nos dias de hoje? Será que ainda tem quem acredite no inferno? E que a opinião do Bispo é a de DEUS? Na verdade só postei umas charges do tal bispo no Drops. O máximo que essa brincadeira de EXCOMUNGAR mereceu da minha parteUm absurdo.Mas vc fez muito bem em postar!Renderam bons comentários.Bjs

Nenhum comentário: