Este blog existe para postar comentários de postagens de blogs alheios, que pelo interesse, humor, inteligência e graça dos comentários, ganharam estatos de post.

sexta-feira, 27 de março de 2009

A Revista THC já tem três anos de idade. Advoga a descriminalização do cultivo da maconha para uso próprio, como forma de garantir a qualidade....


Anônimo disse...
qué untapinha vô?paranga

Márcia W. disse...
Entre "tapas" e beijos?

anna disse...
parece mesmo de margarina ou então, tirando a canabis das mãos das pessoas, aqueles folhetos evangélicos de uma família feliz.de qq maneira essa capa é super careta!

Anônimo disse...
hahahha adorei a capa!!a favor da descriminalização, hahahabeijo,
Luisa

Neil Son disse...
paranga: 'só um tapinha não dói...'

Neil Son disse...
marcia: entre tapas e beijos, ok. mas sem musica sertaneja na parada, pelamordedeus.

Neil Son disse...
é mesmo uma capa supercareta, anna. e falsa, tá na cara que é uma situação (mal) armada. e o curioso é que na matéria propriamente dita, há fotos legais, de gente 'normal' e em situações 'normais'.

Neil Son disse...
descriminalização é uma palavra horrível, né luisa? e ainda por cima, muita gente confunde com descriminação (que aliás não existe; o que existe é discriminação, que é evidentemente, algo totalmente diferente).


franka disse...
hahahaha olha a cara de chapada da vovó!

Anônimo disse...
Neil:Paula e Alex,D.Evaristo Arns e Vicky Militello ganharam cachê em Pesos?
Günther.

peri s.c. disse...
Adorei a capa, apropriada : a família que queima um unida , permanece unida.

Márcia W. disse...
NeilPelo direito de retratação:música sertaneja e eu somos mutuamente exclusivas!

Neil Son disse...
vovó tá viajandona, franka!

Neil Son disse...
hahaha gunther, to rachando o bico!!

Neil Son disse...
e combustível não vai faltar, peri. reparou no vidro na mão do garotão?

Neil Son disse...
xi marcia, I'm not sure I understood. dá pra desenhar?

Anônimo disse...
Aí, Moçada.Tem post novo no Afroências.
Günther.

Patty Diphusa disse...
Capinha vagabunda mesmo. Mas ter uma revista sobre o assunto há três anos, sobrevivendo, é demais. Eu sempre fico impressionada com a qualidade da cobertura internacional de alguns jornais argentinos. São várias páginas e vc fica sabendo tudo da América Latina, muito bom, e mundo. E aqui temos duas ou três páginas em geral falando de Obama e alguma aberração na Europa.Bjs

pecus disse...
O conteúdo do vidrão - seja de margarina ou maionese - impressiona.

Anônimo disse...
marcio... quero falar com vcme escreveguerreirodonorte@gmail.comabracosluiz guilherme

Neil Son disse...
boa dica, meu caro gunther!

Neil Son disse...
aqui a pobreza ainda vai além disso, patty. noticiário significativo do rio em jornal de sp, ou vice-versa? nem pensar...

Neil Son disse...
é mesmo pecus, fazia tempo que eu não via tanta 'pujança'...

Neil Son disse...
ok l.guilherme, te mando 1 imail..

Libf disse...
A capa é genial! Para mim, foi de propósito que eles fizeram essa produção com cara de propaganda de margarina. É ironia pura! Só prova que os editores são bons mesmo.

Neil Son disse...
Será que tem mesmo essa auto-ironia na foto, Libf? I hope you're right...

GUGA ALAYON disse...
fora as laricas...

7 comentários:

Selena Sartorelo disse...

Olá,

Mas se no lugar da maconha tivesse uma garrafa de vinho, cachaça ou cerveja, alguns maços de cigarro, com certeza essa matéria não renderia muitos comentários...

abraços,
Selena

Eduardo P.L disse...

Selena,

drogas são drogas! Umas legais, outras "também", porém ilegais,,, srsrs

Selena Sartorelo disse...

...rsrsr poís é né Eduardo! Temos até as drogas presidênciais, pena que para essas não leis que se apliquem...(desculpa o desabafo, sei que mudei de assunto, mas estou até as tampas com o dito Lula!!)

abraços,
Selena

Eduardo P.L disse...

Selena,

aqui estamos falando de DROGAS LEVES! Essa sua citação é uma DROGA PESADA! srsrsr

ellen disse...

É o que se chama a despenalização das drogas leves... essa família já começou rssssss

james emanuel disse...

Vou apertar, mas não vou acender agora...


quer queiram, quer não.


Um abraço.

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom